Outros | software matematico next3computer

Postado por lucas matheus em 22 de Dezembro de 2014  •   •  Clicks (1674)  •  (0)  • 

PHP | PDO - Parte 5 - Classe para gravar log de modificações no banco de dados

Postado por Paulo Brito em 20 de Abril de 2011  •   •  Clicks (5759)  •  (0)  • 

Na classe mostrada anteriomente na série PDO, existem uma parte que se refere a gravação de log após cada ação realizada (Insert, Update, Delete).

Essa gravação é feita através de uma classe, que armazena no banco de dados as seguintes informações:

Evento: Aqui informa se foi adicionad

PHP | Criando CAPTCHA - Texto para verificar se é uma pessoa ou spambot

Postado por Paulo Brito em 06 de Fevereiro de 2011  •   •  Clicks (6205)  •  (0)  • 

CAPTCHA é um acrônimo da expressão "Completely Automated Public Turing test to tell Computers and Humans Apart" (teste de Turing público completamente automatizado para diferenciação entre computadores e humanos): um teste de desafio cognitivo, utilizado como ferramenta anti-spam, desenvolvido pioneiramente na universidade de Carnegie-Mellon. [Wik

PHP | Sql Injection - Aprenda evitar

Postado por Paulo Brito em 13 de Novembro de 2010  •   •  Clicks (8738)  •  (0)  • 

O objetivo do post é apenas mostrar o perigo de um script que permite a exploração dessa falha.

Acredito que muita gente se preocupa mais com a manipulação da string de SQL quando se trata de uma tela de login, onde o usuário digita seu login e senha para ter acesso a uma área restrita de um sistema.

Porém o prob

PHP | PDO - Parte 1 - Conexão usando PHP Data Object

Postado por Paulo Brito em 10 de Setembro de 2010  •   •  Clicks (5805)  •  (0)  • 

PDO é uma extensão do PHP que auxilia as transações com o banco de dados. As vantagens de usar o PDO são inúmeras, segue algumas:

1) Você vai usar classes, ou seja, um código orientado a objetos. O que deixa seu código mais organizado e facilita a manutenção.

2) Nos parâmetros de conex&a

PHP | Gera um hash com salt aleatório - senha criptografada

Postado por Paulo Brito em 18 de Novembro de 2009  •   •  Clicks (8697)  •  (0)  • 

Muitas vezes guardamos as senhas de forma criptografada em um banco de dados usando apenas a função md5() ou sha1() e pensamos que nossa senha está segura.

Se por exemplo você criptografar a palava "teste" ela sempre irá gerar um mesmo hash. Ou seja, se eu conhecer qual hash equivale a palavra "teste" eu saberei sua senha. Teste